São Paulo e Rosário, a prova dos nove no duelo entre brasileiros e argentinos

0
167
views

Imagem: Rubens Chiri

Érick Rodrigo

Com mais uma partida marcada entre as equipes, na próxima quinta-feira (12), no Estádio Gigante de Arroyito, o São Paulo estreia da Sul-Americana de 2018 e enfrenta novamente o Rosário Central da Argentina.

Com cinco jogos realizados na história das duas equipes, foram duas vitórias para o Tricolor e duas para Rosário, com um empate apenas. São seis gols marcados para cada lado. Mas esse confronto com os argentinos, além de selar a classificação para a próxima fase será a partida do desempate no histórico entre os clubes.

Enfrentar o Rosário é reviver a memória do torcedor são-paulino. As equipes se encontraram em uma partida emocionante pela Libertadores da América de 2004.

Com o primeiro jogo na Argentina, vitória por 1 a 0 do time da casa. Na partida de volta no Morumbi, o Tricolor venceu por 2 a 1, de virada, com dois gols de Grafite que levou a decisão da vaga para os pênaltis. Rogério Ceni defendeu duas cobranças, levando o São Paulo para as quartas de final do torneio continental.

O embate entre brasileiros e argentinos é sempre bem disputado. No amistoso internacional, em 1945 (empate sem gols, no Pacaembu), já pela Copa Mercosul de 2000 placar de (1 x 0 para o Tricolor, no Morumbi, e 2 x 1 para o adversário, no Estádio Gigante de Arroyito).

O São Paulo conquistou a Sul-Americana em 2012, e agora busca o bicampeonato da competição. Caso conquiste o título esse ano, a equipe de Diego Aguirre garantirá uma vaga na Libertadores da América de 2019 e disputará a Copa Suruga de 2019, além de encarar o campeão da Libertadores deste ano na Recopa Sul-Americana do próximo ano.

Rosário Central e São Paulo, novamente frente a frente, dessa vez pela copa Sul-americana. Mais uma vez, um terá que ficar pelo caminho para definir quem fica  com a vaga nesse duelo.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here