A melancólica passagem de Diego Souza no São Paulo

0
285
views

Foto: Reprodução/São Paulo FC

Por @RodySouto

Fala nação

Quando da contratação de Diego Souza pelo tricolor eu fui um dos que mais defenderam sua vinda, desde que não fosse jogar como atacante.

A contratação do meia que estava no Sport veio cercada de uma aura de que ele faria muitos gols com a camisa tricolor e iria, assim, consolidar sua convocação para a Copa do Mundo.

Uma brincadeira de muito mau gosto, alimentada pelo técnico Tite e que a diretoria embarcou e serviu como cobaia, como trampolim para interesses pessoais do jogador.

Diego pode até ter feito algum sucesso como atacante no Sport, mas com todo respeito ao Leão da Ilha do Retiro, as duas camisas não se comparam.

No São Paulo, além de atuações fracas tecnicamente, Diego mostrou comprometimento zero e ainda perdeu um pênalti decisivo contra nosso maior rival, o que nos custou a eliminação no Paulista.

Aguirre nem relacionou o jogador para o jogo desta noite contra o Rosário Central, na Argentina. Esse talvez seja o maior indício do fim da linha para Diego no tricolor.

Nosso comandante não sinaliza aproveitar Diego nem como meia.

Alguns boatos sobre interesses de outros clubes em Diego já começam a pipocar na mídia esportiva. Internacional e Vasco são alguns deles.

Este último, no entanto, parece ter recuado ao conhecer os valores envolvidos.

No caso dos gaúchos, a negociação envolveria o atacante Nico López. Neste cenário, acredito ser vantagem, já que um ataque com Carneiro, Trellez, Nico López, Brenner, Marcos Guilherme, Morato e Caíque já começa a melhorar nossas aspirações para o Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Copa Sul-americana.

Voltando a Diego Souza, uma contratação que nasceu equivocada e parece terminar de forma melancólica.

Que o maior vencedor nessa história toda seja o São Paulo FC.

Vamos São Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here